Planos de saúde: modelo de reajuste será debatido em evento da FenaSaúde

08 de Janeiro de 2018

Planos de saúde: modelo de reajuste será debatido em evento da FenaSaúde

Workshop de Análise de Impacto Regulatório acontecerá no dia 26, no Rio de Janeiro

A política de controle do reajuste dos planos de saúde será tema do segundo Workshop de Análise do Impacto Regulatório, no dia 26 de janeiro (sexta-feira), no Rio de Janeiro. Organizado pela Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), o evento reunirá representantes do setor, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e da área acadêmica. As inscrições já foram encerradas, mas você pode acompanhar o evento ao vivo. Saiba como acessando a área de eventos da CNseg.

Em um cenário de inflação geral baixa e de custos assistenciais elevados e crescente, o Workshop de Análise do Impacto Regulatório busca apontar caminhos. Dentre eles, está um novo modelo de reajuste dos planos de saúde, que considere a real evolução dos custos da saúde.

O resultado efetivo da política de reajuste dos últimos anos foi a diminuição da oferta de planos individuais no mercado. “O reajuste definido pela ANS não cobre os custos, que são crescentes. Historicamente, já nos certificamos que o controle de preços não é a solução. No caso da Saúde Suplementar, essa prática não está ajudando a reduzir a variação dos custos médico-hospitalares, o que seria importante para permitir a ampliação do acesso da população ao serviço”, explica Solange Beatriz Palheiro Mendes, presidente da FenaSaúde.

A executiva alerta que uma nova política de reajuste dos planos de saúde precisa ser equilibrada para todos: pessoas e empresas contratantes do serviço, prestadores de serviço e operadoras. “É preciso que o preço caiba no orçamento das empresas empregadoras e dos consumidores, ou seja, isso requer custos menores e não uma política de autorização de reajuste irreal, que limita a oferta de planos no mercado. Atualmente, o preço tornou-se uma barreira de acesso para os consumidores, e não por culpa das operadoras”, afirma.

Na programação do evento haverá uma palestra inicial sobre a ‘Estrutura do Mercado de Saúde Suplementar: Regulamentação e Concorrência’. Em seguida, será formado o painel ‘Fundamentos e Efeitos do Controle de Reajustes dos Planos Individuais’, com o respectivo debate. Por fim, irá se constituir o painel ‘Alternativas e propostas para um novo modelo de reajuste’, com espaço também para debate. Para saber mais detalhes, clique aqui.

Na primeira edição do workshop, foram debatidos temas como os custos de regulação e desafios regulatórios no Brasil, e a nova lei das Agências. A FenaSaúde é a entidade referência em estudos da regulação e seus impactos.  

*Permitida a reprodução desse material, desde que citada a fonte
© Copyright 2016 | FenaSaúde | Rua Senador Dantas 74, 8º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20031-205 | Tel. 21 2510 7777