Voltar ao topo

5º Fórum FenaSaúde reúne autoridades e especialistas para debater os novos rumos da Saúde Suplementar no Brasil

O evento será realizado na próxima quinta-feira, em Brasília, com a presença do Ministro da Saúde

23 de Outubro de 2019 - Eventos

Abrir o debate para diversos segmentos da sociedade, a fim de garantir que mais brasileiros tenham acesso aos planos de saúde e que o setor alcance a sustentabilidade. Este é o objetivo do 5º Fórum FenaSaúde, que montou uma programação abrangente para discutir os principais problemas do setor e buscar as melhores soluções para todos os envolvidos.

O evento terá início com João Alceu Amoroso Lima, presidente da FenaSaúde, que fará a abertura juntamente com Marcio Serôa de Araújo Coriolano, presidente da CNseg. Em seguida, será a vez de Luiz Henrique Mandetta, Ministro da Saúde, com a palestra magna “O desafio da saúde suplementar na ampliação do acesso da população aos serviços de saúde”.

Vera Valente, diretora executiva da FenaSaúde, explica que o fórum concentrará a discussão na legislação que regulamenta o setor – Lei 9656/98, que completou 20 anos de vigência. “Dividimos o fórum em dois momentos. O primeiro irá avaliar essa legislação depois de duas décadas, o que trouxe de benefícios e o que precisa ser aprimorado e modernizado. No segundo momento, apresentaremos sugestões para manter a sustentabilidade da saúde suplementar e atrair novos beneficiários, garantindo não apenas o crescimento do setor, como também o desafogamento do SUS”, diz.

O primeiro painel terá Rogério Marinho, secretário especial da Previdência Social do Ministério da Economia e ex-relator do PL 7.419/06, falando sobre os 20 anos da Lei 9656/98: Avanços e necessidades de aprimoramento e em seguida haverá um debate sobre o tema, com a participação de Fernando Meneguin, Diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor no Ministério da Justiça e Segurança Pública e Rogério Scarabel, Diretor de Normas e Habilitação de Produtos da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Na parte da tarde, haverá  a palestra O sistema de saúde no Brasil e o papel do Judiciário, com Luís Felipe Salomão, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). 

A saúde e as relações entre estado, sociedade e mercado será tema do segundo painel, com palestra de Armínio Fraga, fundador do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS) e ex-presidente do Banco Central, e Marcio Lago Couto, pesquisador da Fundação Getúlio Vargas, e Vera Valente, diretora executiva da FenaSaúde, como debatedores.

A mediação dos debates será feita por André Médici, economista sênior do Banco Mundial, em Washington, que participou do planejamento, desenvolvimento e implementação do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil.

Confira a programação no site www.5forumfenasaude.com.br

 

CONTEÚDOS RELACIONADOS